sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Inquérito faz show gratuito nesta sexta-feira (13) na Praça da República

Apresentação está marcada para as 12h

foto: Márcio Salata

A partir das 12h desta sexta-feira (13) o Inquérito se apresenta gratuitamente na Praça da República, no Centro de São Paulo (SP). O evento é promovido pelo CTB e traz também shows com Thobias da Vai Vai e com Leci Brandão.

Com o repertório que passeia pela temática da afirmação, inclusive com clássicos como Nego Nego, que falam sobre a escravidão pelo aspecto histórico e atual, é esperado o embalo e a batida do rap.
O atual formato de show do grupo traz a essência do hip-hop (MC e Dj), apresenta canções do disco mais recente e passeia pelos sucessos dos dois primeiros álbuns, com a irreverência do rap brasileiro.

O Inquérito percorre também vertentes da música como o dirty south, undergrounde gangsta, além do love rap e a facilidade de agradar diferentes tipos de público.



Em um espetáculo que exprime a multiculturalidade brasileira em concordância com o hibridismo do hip-hop, o Inquérito traz no repertório canções como Dia dos Pais, Um Brinde, Meu Super Herói e #PoucasPalavras além de  releituras de clássicos da soul music e a poesia, bastante latente nas composições.

O Inquérito já percorreu todo o país com a turnê Mudança, que será encerrada no mês de dezembro para o retorno ao estúdio e a gravação do quarto álbum.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Inquérito apresenta teaser do clipe ‘Meu Super Herói’

Apresentação exclusiva do clipe será feita em diferentes espaços de São Paulo e na comunidade onde as cenas foram captadas

fotos: Márcio Salata

Entre os principais sucessos do Inquérito, a canção ‘Meu Super Herói’ ganha um videoclipe, com direito ‘viagem no tempo’ e surpresas no roteiro, que durante os quatro minutos da música conta a história e as lembranças de um filho sobre o pai, que viveu e morreu honestamente.



Com direção de Levi Vatavuk, que também assina o roteiro com Thiago Cervan, o material audiovisual teve mais de um mês de produção e foi gravado na Favela do Flamengo, no Jardim Peri na Zona Norte de São Paulo (SP), mesmo local onde o rapper Renan Inquérito nasceu e foi criado.





O material audiovisual encerra o ciclo ‘Mudança’, proposto a partir do disco de mesmo nome, lançado em 2010 e que durante os últimos três anos se desdobrou em shows e ações por todo o país. Para marcar o lançamento, estão programadas diferentes exibições do videoclipe em São Paulo, entre elas, uma na comunidade onde as cenas foram captadas.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Inquérito faz show neste sábado em Sumaré, SP

Encontro é parte do lançamento do novo álbum do rapper Crônica Mendes

Neste sábado (7) o Inquérito se apresenta em Sumaré (SP) durante a festa de 32 anos do Bom Retiro FC. O convite é do músico Crônica Mendes, que lança o primeiro álbum solo “Até onde o coração pode chegar” no encontro, que traz ainda o grupo Consciência Humana como atração. O grupo ‘Ments’ e também o grupo ‘Mensageiros’ são duas atrações convidadas da festa. 

Com o repertório que passeia pela temática da afirmação, inclusive com clássicos como Nego Nego, que falam sobre a escravidão pelo aspecto histórico e atual, é esperado o embalo e a batida do rap.

O atual formato de show do grupo traz a essência do hip-hop (MC e Dj), apresenta canções do disco mais recente e passeia pelos sucessos dos dois primeiros álbuns, com a irreverência do rap brasileiro.

O Inquérito percorre também vertentes da música como o dirty south, undergrounde gangsta, além do love rap e a facilidade de agradar diferentes tipos de público.

Em um espetáculo que exprime a multiculturalidade brasileira em concordância com o hibridismo do hip-hop, o Inquérito traz no repertório canções como Dia dos Pais, Um Brinde, Meu Super Herói e #PoucasPalavras além de  releituras de clássicos da soul music e a poesia, bastante latente nas composições.

O Inquérito já percorreu todo o país com a turnê Mudança, que será encerrada no mês de dezembro para o retorno ao estúdio e a gravação do quarto álbum.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Renan Inquérito é homenageado com graffiti em Santa Maria, DF










"Hoje eu queria voltar a ser criança, cê vê?! Mas quando era pequeno não via a hora de crescer"
. A frase da canção 'Meu Super Herói', do Inquérito, ganhou os muros de uma escola em Santa Maria (DF). Ao lado de uma caricatura do rapper, o trecho da música trouxe cores à parede por meio do graffiteiro Nero Neoroze.



sábado, 30 de novembro de 2013

Parada Poética neste sábado em Blumenau, SC

Renan Inquérito leva Parada Poética ao sul do país

foto: Márcio Salata

Após passar por diferentes cidades e regiões do país, a Parada Poética acontece na noite deste sábado (30) em Blumenau (SC). De microfone em punho, o poeta Renan Inquérito pretende maltratar a gramática e jogar a culpa na licença poética durante o encontro que acontece a partir das 20h na Fundação Cultural de Blumenau. O encontro aconteceu desde às 15h e reúne também arte e o grupo Panteras Negras.

Já a  Parada Poética surgiu da necessidade de promover arte e cultura em espaços diferenciados, segundo Renan. Desde março, ela acontece mensalmente no interior de São Paulo e, a cada edição, em um bar diferente das cidades de Nova Odessa (SP), Americana (SP) e Campinas (SP).

Recentemente, o evento aconteceu também no Sesc de São Carlos (SP) e na 5ª Jornada Literária em Araçatuba (SP), onde percorreu escolas e unidades da Fundação Casa. Em seguida, percorreu escolas  na 4ª Semana da Juventude de Santa Bárbara D´Oeste (SP) e as escolas públicas de Nova Odessa (SP). O evento aconteceu também em Cascavel (PR) e Florianópolis (SC).

Já os #PinosPoéticos, que são distribuídos no evento, foram criados para atrair ainda mais o interesse do público pela poesia. “Nossa proposta é apresentar a poesia como algo acessível a todos, despida de qualquer conotação cânone ou acadêmica. O objetivo é popularizar a palavra, a escrita e a leitura de maneira lúdica e compartilhada”, afirma Renan.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Renan Inquérito é convidado da Balada Literária

Criador da Parada Poética participa de encontro promovido por Marcelino Freire

Autor do livro #PoucasPalavras, idealizador da Parada Poética e do projeto dos #PinosPoéticos, Renan Inquérito participa, neste domingo (24) a partir das 14h30 da Balada Literária em São Paulo (SP).

Ao lado do rapper Cena7 e dos poetas Bruno Azevêdo, Eliafin Rufino e Ésio Rafael, com mediação de Wilson Freire, Renan Inquérito que também é rapper, deve falar sobre as iniciativas que desenvolve no interior de São Paulo e que percorrem o país todo e apresentar-se com performances poéticas.


O escritor já esteve neste ano na pré-balada literária e em diferente eventos poéticos e saraus por todo o Brasil, além de percorrer bares, escolas, fundações CASA e diferentes espaços com a Parada Poética.

Serviço - O encontro acontece às 14h30 do domingo (24) no Centro Cultural B_arco, em São Paulo. A entrada é franca.

Inquérito é atração de evento sobre consciência negra em Hortolândia, SP

Evento 'Hortolândia e Zumbi - Afirmação e Resistência' acontece neste sábado (23)

foto: Márcio Salata

A partir das 17h30 deste sábado (23), o Inquérito sobe no palco em Hortolândia para um show durante o evento 'Hortolândia e Zumbi - Afirmação e Resistência', em comemoração ao Dia da Consciência Negra - comemorado em 20 de novembro -.

Com o repertório que passeia pela temática da afirmação, inclusive com clássicos como Nego Nego, que falam sobre a escravidão pelo aspecto histórico e atual, é esperado o embalo e a batida do rap.

O atual formato de show do grupo traz a essência do hip-hop (MC e Dj), apresenta canções do disco mais recente e passeia pelos sucessos dos dois primeiros álbuns, com a irreverência do rap brasileiro.

O Inquérito percorre também vertentes da música como o dirty south, undergrounde gangsta, além do love rap e a facilidade de agradar diferentes tipos de público.



Em um espetáculo que exprime a multiculturalidade brasileira em concordância com o hibridismo do hip-hop, o Inquérito traz no repertório canções como Dia dos Pais, Um Brinde, Meu Super Herói e #PoucasPalavras além de  releituras de clássicos da soul music e a poesia, bastante latente nas composições.

O Inquérito já percorreu todo o país com a turnê Mudança, que será encerrada no mês de dezembro para o retorno ao estúdio e a gravação do quarto álbum.

Serviço - O show acontece a partir das 17h30 no Parque Renato Dobelin, no Centro, em Hortolândia. A entrada é gratuita.

Inquérito participa de debate sobre transformação social em Jundiaí, SP


Evento é parte do circuito nacional promovido pela Nação Hip-Hop

foto: Márcio Salata

Neste sábado (23) a partir das 9h acontece a 5ª etapa do Circuito Hip-Hop em Jundiaí (SP). Com o dia dedicado à atividades e debates sobre a cultura urbana, o evento vem acontecendo em diferentes cidades do país e nesta edição traz a participação do Inquérito.

Entre as atividades que envolvem oficinas, shows, apresentações de dança e performances de DJs, Renan Inquérito bate um papo com Toni C. e Celo X com o tema “Hip-Hop pela Transformação Social” às 15h30 e em seguida se apresenta.

Serviço – A intervenção do Inquérito acontece às 15h30 no Clube 28 de setembro, localizado a Rua Petronilha Antunes, 363, Centro, Jundiaí (ao lado da Praça da Bandeira)


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Parada Poética em Cascavel; veja vídeos

O Inquérito esteve em Cascavel no último mês e fez uma Parada Poética por lá. Confira como foi:













quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Renan Inquérito lembra a luta de Zumbi direto do Quilombo dos Palmares

Em vídeo, Renan Inquérito lembra a luta de Zumbi direto da União dos Palmares, onde anteriormente foi o Quilombo dos Palmares em plena Serra da Barriga, em Alagoas. Após um show do Inquérito no local, o rapper e poeta esteve no patrimônio tombado e comentou a relação entre a resistência histórica do líder negro, o Dia da Consciência Negra e o rap. 

Hoje - 20 de novembro - é quando comemora-se também os três anos do lançamento do álbum MUDANÇA, que mais que um  disco de rap, é a continuidade da luta e do trabalho feito em todo Brasil pela conscientização. 



terça-feira, 19 de novembro de 2013

Renan Inquérito participa do ‘Papo de Versos’ no Sesc Campinas, SP

Poeta divide experiência com Caco Pontes, Thiago Cervan e Heyk Pimenta

foto: Jurssa Santos

Nesta quarta-feira (20), data em que o Inquérito comemora três anos do lançamento do ciclo Mudança, Renan Inquérito leva, mais uma vez, arte às ruas, por meio do encontro ‘Papo de Versos – Poesia em via pública’, promovido pelo Sesc Campinas (SP). 

Ao lado dos poetas como Caco Pontes, Thiago Cervan, Heyk Pimenta e Rafa Carvalho,  Renan Inquérito vai levar as performances que mesclam literatura marginal, Parada Poética e a vivência de quase 15 anos no hip-hop a partir das 15h, gratuitamente. 

O evento propõe uma conversa franca sobre a ocupação dos espaços públicos a partir da poesia. Os poetas e articuladores culturais vão debater o tema com as intervenções e contribuições do público e de representantes  envolvidos. A finalização será marcada por uma saída poética às ruas. 

Serviço - O evento acontece às 15h no Sesc. A entrada é gratuita. 

Inquérito manda um salve direto do evento Recreio Urbano em Marília, SP

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Inquérito faz show gratuito na pista de skate de Marília, SP


Grupo conhecido pela poesia nas letras é atração do 11º Recreio Urbano 

fotos: Márcio Salata

No próximo domingo (17), o Inquérito é a atração principal da a 11ª edição do evento Recreio Urbano na pista pública de skate de Marília (SP).  O evento começa no sábado (16) e envolve diferentes manifestações da cultura urbana e traz os clássicos do álbum Mudança e da carreira de quase 15 anos do Inquérito.
O atual formato de show do grupo traz a essência do hip-hop (MC e Dj), apresenta canções do disco mais recente e passeia pelos sucessos dos dois primeiros álbuns, com a irreverência do rap brasileiro.
O Inquérito percorre também vertentes da música como o dirty south, undergrounde gangsta, além do love rap e a facilidade de agradar diferentes tipos de público.

Em um espetáculo que exprime a multiculturalidade brasileira em concordância com o hibridismo do hip-hop, Renan Inquérito, Pop Black e Dj Duh trazem no repertório canções como Dia dos Pais, Um Brinde, Meu Super Herói e #PoucasPalavras além de  releituras de clássicos da soul music e a poesia, bastante latente nas composições.
O Inquérito já percorreu todo o país com a turnê Mudança, que será encerrada no mês de dezembro para o retorno ao estúdio e a gravação do quarto álbum.



Sobre o Recreio Urbano
O evento acontece em parceria com a Prefeitura Municipal de Marília e traz atrações também como Johnny Walkman, Afro Rima, performances dos DJs Ciro Riraris e André Jundi. O encontro traz também Diogo e Alex no Double Weeling  e as equipes Nuke 13, Foton e NaHua, no skate.
As batalhas de MC, de B.Boy e o slackline também fazem parte das atrações do 11º Recreio Urbano.

Serviço – No sábado (16) o evento tem início às 16h. Já no domingo (17), começa às 10h. A entrada é

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Renan Inquérito participa do Dia Mundial do Hip-Hop em Santa Catarina

Rapper faz show e palestra durante encontro em pista de skate

foto: Márcio Salata

Durante esta terça-feira (12), Renan Inquérito participa do evento 'Consciência' em Santa Catarina. Ao lado de artistas como RAPadura, Arma-zen e Rael LDC, o rapper faz um pocket show e participa de uma troca de ideias com os participantes a partir das 15h na Pista de Skate Trindade. O encontro traz também uma batalha de MCs e outros artistas convidados.

Sobre o Dia Mundial do Hip-Hop
O Dia Mundial do Hip-Hop foi criado há 39 anos pelo Dj Afrika Bambaataa, que batizou os elementos DJ, MC, break e graffiti como a cultura hip-hop.

Sobre Renan Inquérito
Renan Inquérito já está na cultura hip-hop há quase 15 anos, o mesmo tempo em que está a frente do INQUÉRITO e é protagonista de diferentes projetos, além dos três discos lançados. Percorre o país com palestras, workshops e oficinas voltadas à cultura e educação.


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Inquérito faz show durante o 5º Hip-Hop do Cerrado

Clássicos do álbum Mudança ganham palco em Brasília (DF) 

foto: Márcio Salata

Neste fim de semana - 9 e 10 de novembro - o Inquérito é uma das atrações do 5º Festival Hip-Hop do Cerrado, que acontece na Esplanada dos Ministérios em Brasília (DF).

Com o repertório do álbum Mudança e os clássicos como Dia dos Pais, Meu Super Herói, Mister M, #PoucasPalavras e "Um Brinde', o grupo promete toda a energia e posia características nos palcos do Cerrado.

O evento traz também outros 15 artistas do rap, entre eles Atitude Feminina - com quem o Inquérito fez o clipe 'Mulher Guerreira' - e Crônica Mendes.
Durante o encontro haverá também break, graffiti, concurso de rap e performances de Djs.



Serviço - O evento acontece sábado (9) e domingo (10) a partir das 14h na Esplanada dos Ministérios. A entrada é franca.

Roberta Estrela D´Alva sobre o disco Mudança

Renan querido,

Acabo de ouvir o 'Mudança' do Inquérito inteirinho pela primeira vez.
Em primeiro lugar me desculpo, como me desculpo com meus amigos queridos pela minha constante ausência, por ter demorado tanto pra ter ouvido.
Quero dizer que fiquei muito , mas muito feliz mesmo com o que ouvi. É um trabalho realmente muito bonito que me deixou ainda mais orgulhosa de ser sua amiga. Eu sinto e escuto no som a mesma vibração verdadeira e honesta que sinto em você. Quero dizer aqui que te acho um puta MC (sem zuêra! rs) e que realmente não é pra qualquer um fazer um disco com 20 faixas com músicas e letras consistentes como esse. (que eu consegui contar tem no mínimo umas 37 pérolas nas tuas rimas rsrs. ) Eu desejo muita sorte e sucesso pra você e que Deus ilumine sua caminhada. Estendo meus cumprimentos pros Rodrigo e pro Black. É isso querido, tâmo junto. Obrigada pelas idéias e por agir tão coerentemente com o que escreve nas suas letras. Na cara dura tô rasgando a seda (já que é gente é uns nerd assumido e num vâmo fumá nada mêmo….kkkkk), e faço isso publicamente, porque acho que independente do tempo, esse é um trampo que merece ser ouvido e conhecido. Um avança , todos avançam. Paz.

ps1:só uma ressalvinha, só pra dá uma multinha: Bone é da hora, mas Rolling Stones também é pow! kkkkk

ps2 : sei que é pura vaidade minha , mas queria ter te conhecido antes pra tá naquele salve que cê dá no final da “Poucas Palavras”.

(Roberta Estrela D´Alva)

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Inquérito faz show e Parada Poética no III Impacto Cultural em Cascavel, PR

Clássicos do álbum Mudança serão apresentados no domingo e Parada Poética acontece na segunda-feira 

No próximo domingo (3), o Inquérito é a atração principal do III Impacto Cultural em Cascavel (PR). O evento envolve diferentes manifestações da cultura urbana e traz os clássicos do álbum Mudança e da carreira de quase 15 anos do Inquérito.

O atual formato de show traz a essência do hip-hop (MC e Dj), apresenta canções do disco mais recente e passeia pelos sucessos dos dois primeiros álbuns, com a promessa de irreverência dentro do rap brasileiro.



O Inquérito percorre também vertentes da música como o dirty south, underground e gangsta, além do love rap e a facilidade de agradar diferentes tipos de público.

Em um espetáculo que exprime a multiculturalidade brasileira em concordância com o hibridismo do hip-hop, Renan Inquérito, Pop Black e Dj Duh trazem releituras de clássicos da soul music, que é também fonte de inspiração para o rap nacional.



Parada Poética
Além do show, Renan Inquérito faz, na segunda-feira (4) a partir das 9h30 uma edição especial da Parada Poética, no Centro da Juventude Jomar Vieira da Rocha, com entrada também gratuita. “Uma manhã para recitar textos, poemas, versos, frases e revoltas, com rima ou sem! "Vamos maltratar a Gramática e jogar a culpa na licença poética", convida.

Sobre o III Impacto Cultural
O evento é realizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e envolve também saraus, batalhas de breakdance e graffiti ao vivo. Toda a programação acontece na Praça Wilson Jofre e é gratuita.

Serviço – O show do Inquérito aconteceu neste domingo (3) a partir das 20h na Praça Wilson Jofre. A entrada é gratuita.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Parada Poética leva literatura e entretenimento a estudantes de Nova Odessa, SP

Sarau itinerante acontece nesta quinta-feira (24) na E.E. Profª. Dorti Zandello Calil ]

foto: Márcio Salata

Nesta quinta-feira (24) os estudantes da Escola Estadual Professora Dorti Zandello Calil de Nova Odessa (SP) serão tomados pela literatura com uma edição da Parada Poética no colégio.

O poeta, músico e geógrafo Renan Inquérito, acompanhado pelo fotógrafo Márcio Salata, farão visitas carregadas de poesia e cultura a três escolas do município. A iniciativa vai ao encontro da proposta do sarau, que é tirar a poesia das estantes e levá-las ao acesso do público, especialmente dos jovens.

“A oportunidade de levar a Parada Poética até as escolas durante um evento de juventude é muito gratificante e casa justamente com o que queremos fazer, que é estabelecer o diálogo entre as artes, a cultura, a poesia e a população”, pontuou Renan Inquérito.

Durante o evento, os artistas declamam poesias no megafone, interagem com o público e os convidam a declamações e contação de poemas. A ação envolve ainda a distribuição gratuita dos #PinosPoéticos – pequenas cápsulas que guardam poesias curtas – que tem transforma os poemas em objetos.

Sobre a Parada Poética
A Parada Poética surgiu da necessidade de promover arte e cultura em espaços diferenciados, como os bares. Desde março deste ano, ela acontece  mensalmente no interior de São Paulo e a cada edição, em um bar diferente entre as cidades de Nova Odessa (SP), Americana (SP) e Campinas (SP).

Recentemente, o evento aconteceu também no Sesc de São Carlos (SP), na 5ª Jornada Literária em Araçatuba (SP), onde percorreu escolas e unidades da Fundação Casa e na 4ª Semana da Juventude de Santa Bárbara D´Oeste (SP).

“Nossa proposta é apresentar a poesia como algo acessível a todos, despida de qualquer conotação cânone ou acadêmica. O objetivo é popularizar a palavra, a escrita e a leitura de maneira lúdica e compartilhada”, destacou Renan Inquérito.

Dentro do calendário oficial ela acontece na próxima segunda-feira (28) no Boteco Zara em Americana (SP) e traz o escritor Ni Brisant como convidado da edição.

domingo, 6 de outubro de 2013

Inquérito participa de show de lançamento dos rappers Chrygor e Luppy

Show gratuito acontece em praça da cidade de Votuporanga (SP)

Na próxima quinta-feira (10) o Inquérito participa do show de lançamento do disco dos rappers Chrygor e Luppy de Votuporanga (SP). O show acontece a partir das 19h na Praça São Bento, com entrada gratuita.

O atual formato de show traz a essência do hip-hop (MC e Dj) e os rappers apresentam canções do disco Mudança e passeiam pelos sucessos dos dois primeiros álbuns, com a promessa de irreverência dentro do rap brasileiro.

O show traz os clássicos Dia dos Pais, Mister M, Um Brinde, #PoucasPalavras e Meu Super Herói, em um espetáculo que mescla conteúdo crítico e politico.


O evento conta também com a participação do grupo Shekinah Rap, do selo Rima Cruz, que foi onde o álbum dos garotos foi produzido. 



Serviço
Show Inquérito - Lançamento Chrygor e Luppy
Quando: quinta-feira (10) a partir das 19h
Onde: Praça São Bento, Votuporanga (SP)
Ingresso: gratuito
Classificação: Livre 

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Renan Inquérito é convidado da Pré-Balada Literária de São Paulo, SP

Autor do livro de poemas concretos #PoucasPalavras apresenta novo projeto dos #PinosPoéticos

foto: Márcio Salata

No próximo sábado (5) a partir das 18h acontece a Pré-Balada Literária em São Paulo e o poeta e músico Renan Inquérito é um dos convidados do organizador Marcelino Freire. Ele também estará no evento oficial, que acontece no mês de novembro também na capital paulista.

Durante o evento, Renan Inquérito bate papo com os presentes e convidados e fala sobre o livro de poesias concretas #PoucasPalavras, bem como o trabalho como criador da Parada Poética e o mais recente projeto dos #PinosPoéticos – que consiste na distribuição de poesias encapsuladas.

Além dele, autores como Japa Tratante, João Vereza, Luis Rafael Monteiro, Lucimar Mutarelli, Paula Bajer e Sérgio Melo apresentam trabalhos recentes e conversam com o público.

O evento traz também a exibição do documentário “SP – Solo Pernambucano” de Wilson Freire e Leandro Goddinho.

Renan Inquérito declama Marcelino Freire
O texto “Da Paz” de Marcelino Freire é, constantemente, declamado por Renan Inquérito durante intervenções com a Parada Poética, que percorre bares, centros educacionais, Fundações CASA e espaços culturais.

Durante uma ação no Sesc São Carlos (SP), o poeta declamou o texto e durante a performance fez uma referência ao Amarildo – pedreiro desaparecido desde o dia 14 de julho na Rocinha, no Rio de Janeiro.

Veja vídeo 




Serviço
Pré-Balada Literária
Quando: 5 de outubro – sábado – a partir das 18h
Onde: B_arco Centro Cultural
Endereço: Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426, Centro
Ingresso: gratuito

domingo, 29 de setembro de 2013

Álbum 'Mudança' é objeto de análise de portal de rap brasileiro

Disco foi lançado em 2010 e rende críticas no portal RAP NACIONAL DOWNLOAD

O disco 'Mudança' lançado em novembro de 2010 foi objeto de crítica e análise no portal Rap Nacional Download nesta semana.

O colunista Machhoiur Hamoui analisou a mixagem e masterização, as letras e a lírica do disco, além da produção e dos beats e a inovação.

De acordo com ele "neste álbum MUDANÇA, o grupo fala sobre a sociedade, sobre o Brasil atualmente, a cena vivida pelo Hip Hop, sobre o álcool, capitalismo, sobre política e vários outros assuntos sobre o 3º milênio.Um excelente álbum que veio para fortalecer mais ainda o cenário do Rap e do Hip-Hop".

Clique aqui para acessar a crítica na íntegra,

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Renan Inquérito participa do Sarau do Memorial nesta sexta-feira

Rapper, poeta e geógrafo é um dos convidados de Marcelino Freire para o “esquenta” da Balada Literária

foto: Márcio Salata

Ao lado do escritor Marcelino Freire, o rapper e poeta Renan Inquérito participa, nesta sexta-feira (27) do Sarau no Memorial – no memorial da América Latina – onde devem celebrar um encontro de culturas populares, literatura, música, dança, beat box e contação de causas.

O evento acontece mensalmente e cada vez com um convidado diferente. Nesta edição traz Marcelino Freire, tido como poeta, contista, pernambucano e teimoso.  O microfone é aberto e o público pode participar.

O encontro é também um “esquenta” da Balada Literária que acontece em novembro que Renan Inquérito também participa como escritor convidado.

Serviço
Sarau no Memorial

Quando: sexta-feira (27)
Horário: 20h às 22h
Onde: Circo do Memorial
Ingresso: gratuito
Classificação: livre

domingo, 22 de setembro de 2013

Renan Inquérito participa do 1º Congresso da Cultura Hip-Hop Guarulhos


Poeta e rapper compõe mesa de debates ao lado de Dexter e GOG

Neste domingo (22) o Inquérito faz duas participações no Congresso da Cultura Hip-Hop Guarulhos pela Paz em Guarulhos (SP). O rapper Renan Inquérito fará parte de uma mesa de debates ao lado de Dexter e GOG e em seguida uma apresentação na parte musical do encontro.

Sobre o evento
O 1° Congresso de Hip-Hop de Guarulhos, traz debates sobre as políticas públicas culturais voltadas para o hip-hop. O evento foi criado a partir da Declaração de Paz do Hip Hop, enviada para a ONU em maio de 2001, onde foram coletadas assinaturas dos principais representantes da cultura em todo o mundo.

O foco principal do Congresso é a promoção de debates sobre questões relacionadas ao desenvolvimento e o processo de afirmação cultural do Hip Hop como, por exemplo, a comercialização de seus próprios produtos e a sua contribuição educacional e artística.

A programação conta com mostras de vídeos, basquete de rua, skate e o futebol free style, além da comercialização de produtos da cena independente das culturas urbanas, em especial da cultura Hip Hop. Também estarão presentes mais de 30 coletivos da cidade.



Presenças confirmadas
Alessandro Buzo (Escritor e Produtor) Zoio Gueto Freek (Germical Funck), Bonga (Escritor de Graffiti), Renan Inquérito ( Grupo de RaP Inquerito), Ronne YoYo (B. Boyng e Produtor), Eduardo So (Discipulos do Ritmo), Pato (Escritor de Graffiti), Toni C (Escritor e Produtor – Hip Hop a Lapis),DJ kL Jay (Racionais MC’s), DJ Hum (DJ e Produtor), GOG (MC, Produtor e Escritor), Sharylaine (MC e Produtora), Soul Sisters (Soul Girl), Ivo e Naty (Popping/Locking ), Tota ((Escritor de Graffiti)), Banks Backspin (Back Spin Crew), Mc Dj JACK (DJ, MC e Produtor), Deph Paul Zulu Nation Brasil (Produtor e Artesão Medalhas Zulu Nation), Mano reu Literatura Suburbana (Escritor, Produtor e MC), Dexter (MC e Produtor) e mais de 30 coletivos da cidade.

Serviço
O que? Congresso da Cultura Hip Hop de Guarulhos
Quando? Domingo, 22 de setembro às 21hs.
Quanto? Entrada Gratuita
Quem? Classificação Livre
Onde? Av. Monteiro Lobato, 3415 – Clube Cecap – Guarulhos SP

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

7ª edição da Parada Poética acontece na próxima segunda-feira em Nova Odessa, SP

Escritor convidado para o evento gratuito é o poeta Caco Pontes, autor do livro ‘Sensacionalíssimo’


A partir das 19h da próxima segunda-feira (23), a poesia toma conta de Nova Odessa (SP) com a 7ª edição da Parada Poética, que desta vez traz como convidado o escritor e poeta Caco Pontes, do coletivo Poesia Moloqueirista e que lançou recentemente o livro “Sensacionalíssimo”, inspirado em ‘contos de jornais’.

Criado pelo poeta, músico e geógrafo Renan Inquérito e pelo fotógrafo Márcio Salata, o evento, que já se tornou uma tradição mensal na região e chega a receber, por edição, cerca de 300 pessoas.

A Parada Poética oferece também música e nesta edição traz o artista Marcelo Morais. Há ainda a distribuição gratuita dos #PinosPoéticos – pequenas cápsulas com poesias e sem restrição de consumo.



Teremos uma noite de poesia dedicada a todos aqueles que tem a coragem, pelo menos uma segunda-feira por mês, de fazer o improvável, desligar a TV ou o computador e ir para um sarau”, convida Renan Inquérito.

O encontro tem microfone aberto e o público pode contribuir com contação de poesias. “Venham, pois a entrada é franca e as ideias também”, convidam.

Sobre a Parada Poética
Além de percorrer bares uma vez por mês na região, a Parada Poética chegou também às escolas e durante toda a última integrou o calendário da 4ª Semana da Juventude de Santa Bárbara D´Oeste (SP) com visitas a três escolas públicas, além de um show com o grupo Inquérito no encerramento do evento.

Assista ao manifesto da Parada Poética 




Serviço

O quê: Parada Poética
Quando: Segunda-feira (23) às 19h
Onde: Meu Bhar
Endereço: Rua Rio Branco, 310, Centro, Nova Odessa (SP)
Ingresso: gratuito
Classificação: Livre
Informações: Parada Poética 

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Parada Poética leva 'tráfico de poesias' para escolas no interior de São Paulo

Renan Inquérito e Márcio Salata promovem o sarau durante a 4ª Semana da Juventude de Santa Bárbara D´Oeste 

foto: Jurssa Santos

“A parada não para”, sob esse grito de manifesto, a Parada Poética chega nesta semana à Santa Bárbara D´Oeste (SP) como parte da programação da 4ª Semana Municipal da Juventude.

O poeta, músico e geógrafo Renan Inquérito, acompanhado pelo fotógrafo Márcio Salata, farão visitas carregadas de poesia e cultura a três escolas do município. A iniciativa vai ao encontro da proposta do sarau, que é tirar a poesia das estantes e levá-las ao acesso do público, especialmente dos jovens.

A oportunidade de levar a Parada Poética até as escolas durante um evento de juventude é muito gratificante e casa justamente com o que queremos fazer, que é estabelecer o diálogo entre as artes, a cultura, a poesia e a população”, pontuou Renan Inquérito.

Durante o evento, os artistas declamam poesias no megafone, interagem com o público e os convidam a declamações e contação de poemas.

A ação envolve ainda a distribuição gratuita dos #PinosPoéticos – pequenas cápsulas que guardam poesias curtas – que tem transforma os poemas em objetos.

Além das edições da Parada Poética o Inquérito comanda o show de encerramento com as canções do disco ‘Mudança’ e os clássicos de quase 15 anos de carreira.

Sobre a Parada Poética
A Parada Poética surgiu da necessidade de promover arte e cultura em espaços diferenciados, como os bares. Desde março deste ano, ela acontece  mensalmente no interior de São Paulo e a cada edição, em um bar diferente entre as cidades de Nova Odessa (SP), Americana (SP) e Campinas (SP).

Recentemente, o evento aconteceu também no Sesc de São Carlos (SP) e na 5ª Jornada Literária em Araçatuba (SP), onde percorreu escolas e unidades da Fundação Casa.

Nossa proposta é apresentar a poesia como algo acessível a todos, despida de qualquer conotação cânone ou acadêmica. O objetivo é popularizar a palavra, a escrita e a leitura de maneira lúdica e compartilhada”, destacou Renan Inquérito.

Dentro do calendário oficial ela acontece na próxima segunda-feira (23) no Meu Bhar em Nova Odessa e traz o escritor Caco Pontes como convidado da edição.

Serviço 
Confira a programação da 4ª Semana Municipal de Juventude de Santa Bárbara D´Oeste 

Terça-feira - 17 de setembro – 19h
Abertura com a Parada Poética
Escola Irene

Quarta-feira - 18 de setembro – 19h 
Parada Poética
Escola Eduardo Silva

Quinta-feira – 19 de setembro – 10h
Parada Poética
Escola Sônia

Sábado – 21 de setembro – 17h 
Show com Inquérito

Praça da Cidade Nova

Assista ao manifesto da Parada Poética


domingo, 15 de setembro de 2013

Reportagem sobre Ópera Rap Global no Sul 21

Ópera Rap Global, baseada em obra de Boaventura de Souza Santos, propõe misturar erudito e popular

por Milton Ribeiro

Parecia um evento simples, mais um entre tantos, mas não era. Nesta sexta-feira (13), a imprensa foi convidada para assistir, no Museu Júlio de Castilhos, ao lançamento do Projeto Ópera Rap Global. No programa, a apresentação da abertura do espetáculo com dança solo acompanhada de percussão, leitura cênica do prólogo da ópera e apresentação de um dos temas musicais, executado pelo compositor Pedro Dom ao piano, mais flauta, trompete, trompa e percussão. Tudo isso além da fala do professor Boaventura de Sousa Santos, sociólogo e escritor português. Foi menos de meia hora, mas foi muito satisfatório.

Já na entrada recebemos um pequeno caderno que demonstrava que o grupo sabia muito do assunto “cultura popular x cultura erudita”. Na contracapa de um folder com uma gravura de arte popular, podia ser vista uma fotografia de James Joyce. A presença do genial irlandês é tudo, menos casual. Anos depois de usar carradas de cultura popular em seus poucos e notáveis livros, o escritor têm sido abraçado pelo cinema, rock, operetas, romances gráficos e, principalmente, pelo teatro.

Porém, a dois parágrafos atrás, alguns leitores do Sul21 podem ter ficado surpresos com o nome do professor Boaventura, mas pensemos um pouco. Boaventura de Sousa Santos (1940) é doutor em sociologia do direito pela Universidade de Yale, professor catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Distinguished Legal Scholar da Faculdade de Direito da Universidade de Wisconsin-Madison e Global Legal Scholar da Universidade de Warwick. É também diretor dos Centro de Estudos Sociais e do Centro de Documentação 25 de Abril e Coordenador Científico do Observatório Permanente da Justiça Portuguesa — todos da Universidade de Coimbra.

Alguém com esta bagagem, sabe que esse negócio de elitismo, essa conversa de alta e baixa cultura, é relativamente recente e nunca existiu para figuras como o citado Joyce. O que há são produtos culturais bons ou ruins dentro das culturas erudita e popular. Poderia passar a palavra ao compositor norte-americano Steve Reich?

Todos os músicos do passado, começando na Idade Média, estavam interessados na música popular. A música de Béla Bartók se fez inteiramente com fontes de música tradicional húngara. E Igor Stravinsky, ainda que gostasse de nos enganar, utilizou toda a sorte de fontes russas para seus primeiros balés. A grande obra-prima Ópera dos Três Vinténs, de Kurt Weill, utiliza o estilo de cabaret da República de Weimar. Arnold Schoenberg e seus seguidores criaram um muro artificial, que nunca existiu antes. Minha geração atirou o muro abaixo e agora estamos novamente numa situação normal. Por exemplo, se Brian Eno ou David Bowie recorrem a mim e se músicos populares reutilizam minha música, como The Orb ou DJ Spooky, é uma coisa boa. Este é um procedimento histórico habitual, normal, natural.
(Steve Reich)

E Boaventura falou brilhantemente. Explicou o tema da ópera, falou em Occupy Opera, em apagar fronteiras e apresentou o personagem fictício Queni N.S.L. Oeste, de sua criação por ele e que inspirou o projeto. Este acaba de ser aprovado na Lei Rouanet e passa agora para a fase de captação de recursos.

A ópera é baseada no livro Rap Global, de autoria do próprio Boaventura, que nele utiliza o heterônimo do citado Queni N.S.L. Oeste — alusão irônica ao rapper americano Kanye West. São 100 páginas de poesia rimada, Boaventura deixa clara sua raiva e insatisfação diante da situação mundial e, para que o livro pusesse tornar-se ópera, foi necessária a presença de Renan Inquérito, poeta, rapper e geógrafo que criou o roteiro.

Resumidamente, pode-se dizer que a Ópera Rap Global é efetivamente um projeto inovador que reúne o erudito e o popular, a linguagem sofisticada e o coloquial das ruas. Dizem os organizadores: “Não se trata de igualar e sim de identificar formas de intervenção de uma arte sobre outra”.

Para Renan Inquérito, o que representa a obra é o personagem Queni N.S.L. Oeste o qual representa “um grito contra todos os outros gritos que até agora deram em nada. Ele representa os palestinos na faixa de gaza, os camponeses expulsos do campo, os imigrantes ilegais em busca de uma vida melhor em algum país do primeiro mundo. O Queni representa negros, mulheres e todos aqueles que de alguma forma são oprimidos pelo sistema vigente”.

A pequeno trecho mostrado deu mostras da excelente qualidade do grupo instrumental formado por Pedro Dom, Leandro Rodrigues, Joca Ribeiro, John Silva e Ianes Gil Coelho, assim como do rapper e roteirista Renan Inquérito.

Ficamos no aguardo.

Texto retirado do site Sul 21.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Manifesto Parada Poética



MANIFESTO PARADA POÉTICA


Um lugar para recitar textos, versos, frases, poemas e revoltas. Seus e dos outros. Lendo, decorado, de improviso, não importa a forma, nós não temos fôrma. Não somos profissionais, queremos ser amadores, amadores da arte do ofício da palavra. 

Vamos libertar a poesia presa nos cativeiros das bibliotecas, vamos deixar fluir as letras aprisionadas nos cadernos, trancadas nas gavetas e acolher aqueles versos que vagam órfãos pelas ruas da cidade. Vamos dar uma casa para os poemas, um abrigo, uma morada. 

Serviremos palavras cruas, para que cada um prepare-as à sua maneira. Teremos rimas refogadas, sonetos assados, músicas à milanesa, poesias à bolonhesa, contos à carbonara e crônicas à dorê. Versos fritos também acompanham. Uma porção de gente, servida de vontade. Mas por favor, não me venha com poesias requentadas, enlatadas, tampouco de microondas. Queremos rimas precisas, porque o povo precisa! Palavras picantes, poema malagueta. 

Um lugar para maltratar a gramática e jogar a culpa na licença poética. Palanque dos poetas que fazem das palavras mais que um discurso. 
Um lugar para visitar e nunca mais voltar.... 
A ser o mesmo!

A entrada é franca e as ideias também. 


Ópera Rap Global


Renan Inquérito roteiriza espetáculo que transforma rap em ópera

Rapper fez o roteiro da obra ‘Ópera Rap Global’ para espetáculo que mescla cultura erudita com vivência urbana e hip-hop 

foto: Márcio Salata

Inédita no contexto que reúne orquestra, DJ, MCs e dançarinos, a ‘Ópera Rap Global’, roteirizada pelo rapper e poeta Renan Inquérito será lançada no próximo dia 13 de setembro. A montagem une a linguagem urbana, leva a rua para o palco e mistura a música erudita com o hip-hop. O evento de lançamento terá transmissão ao vivo via internet.

O espetáculo musical que funde o clássico e o contemporâneo foi inspirado no livro Rap Global, do sociólogo português Boaventura de Sousa Santos e mescla a representação da cultura popular, por meio do rap, com a cultura erudita, por meio da ópera.

“Foi uma experiência incrível, fui convidado pela Fabiana Menini (Trocando Ideia) e tive a honra de escrever este roteiro com o Boaventura, todo inspirado na obra dele, que é um pesquisador fantástico. Eu encarei esse trabalho como um desafio, caí de cabeça e após várias reuniões e leituras ele aconteceu”, disse Renan Inquérito.



A ‘Ópera Rap Global’ provoca mundos distanciados e ousa no campo artístico, o que contribui  para o processo de valorização dos atores locais e da cultura urbana por meio de elementos do hip-hop.

Para Renan Inquérito, o que representa a obra é o personagem Queni N.S.L. Oeste que por si, representa “um grito contra todos os outros gritos que até agora deram em nada”. “Ele representa os palestinos na faixa de gaza, os camponeses expulsos do campo, os imigrantes ilegais em busca de uma vida melhor em algum país do primeiro mundo. O Queni representa negros, mulheres e todos aqueles que de alguma forma são oprimidos pelo sistema vigente”, destacou o roteirista.



Lançamento da ‘Ópera Rap Global’ 
O lançamento do projeto será no próximo dia 13 de setembro no Museu Júlio de Castilhos, em Porto Alegre (RS) e terá a demonstração do estudo feito pelo compositor Pedro Dom para a formação da orquestra, além da leitura cênica do prólogo da ópera e intervenção do sociólogo Boaventura, que vai expor sobre como foi a criação do personagem central.

A realização é do Instituto Trocando Ideia, que atua com a cultura hip-hop em Porto Alegre desde a década de 1990.

Serviço 
Lançamento

Dia 13 de setembro
Horário: 15h
Twitter: @operarapglobal
Link para assistir: www.youtube.com/ricotrosso 

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Renan Inquérito leva poesia para Fundação Casa de Araçatuba durante Jornada Literária

Escritor participa de palestras nas instituições e também em escolas da cidade em evento literário


Percorrer as unidades da Fundação Casa do interior paulista em sido uma missão (?) na trajetória literária do poeta e músico Renan Inquérito. Na próxima sexta-feira (6), o rapper dá palestras para os internos de duas unidades em Araçatuba (SP), como parte da 5ª Jornada Literária da cidade.

Durante o encontro, Renan conta como conheceu o hip-hop e a partir daí, passou a valorizar a força da palavra até que se tornou escritor e hoje percorre o Brasil em palestras e eventos sobre literatura marginal.

“Visitar locais como as unidades da Fundação Casa é sair do lugar comum da música e da poesia e levá-la aos jovens. Quando eu tinha a idade deles, conheci a cultura hip-hop e me tornei o que sou hoje. Se me ajudou, penso que pode ajuda-los também e isso torna o trabalho extremamente prazeroso”, destacou o escritor.

Como parte da programação do evento, Renan Inquérito faz também palestras nas escolas Licolina Reis Alves e Clóvis de Arruda Campos a pedido dos professores da instituição de ensino.

Ainda durante as palestras, Renan Inquérito declama poesias do livro #PoucasPalavras, lançado em 2011, com poesias concretas, letras de música, ilustrações do grafiteiro Mundano e fotografias de Márcio Salata.

O poeta conta também a experiência como líder e vocalista do Inquérito e sobre a criação e disseminação 
de poesia no interior paulista com o sarau Parada Poética.

Para completar a programação ocorre um pocket show com o Inquérito no Teatro Castro Alves. A promessa é embalar o público com os clássicos “Dia dos Pais”, “Mister M” e “Meu Super Herói”.

Compromisso social
Na última semana de agosto Renan Inquérito esteve em duas unidades da Fundação Casa em Guarulhos (SP) para shows com o Inquérito, que além do papel musical, também enreda-se por campanhas nacionais de cunho educativo e cultural, como a “Um Brinde”, de combate ao alcoolismo, que em 2011 percorreu 200 pontos do Brasil e cinco do exterior para despertar a importância da consciência em relação ao consumo exagerado de bebidas. 

No mesmo ano, Renan Inquérito lançou o livro #PoucasPalavras, híbrido com o videoclipe de mesmo nome, que trata da literatura marginal no Brasil.

Em 2011 e 2012 o grupo já faz atividades e oficinas também em diferentes unidades da Fundação Casa no Estado de São Paulo.



Serviço

5ª Jornada Literária de Araçatuba

Quinta-feira – 05/09
Escola Estadual Clóvis de Arruda Campos
Fundação Casa – Unidade Araçá
Fundação Casa – Unidade Araçatuba

Sexta-feira - 06/09
Escola Estadual Licolina Villela Reis Alves
Show no Teatro Castro Alves 

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More